Muitos dinheiros

Brasil tem o 4º Big Mac mais caro do mundo

Todo o santo ano, a revista britânica The Economist calcula o que ela chama de “Índice Big Mac”, que compara o valor do mais famoso sanduíche do McDonald’s em diferentes países.

O ranking considera os valores em dólares, e tem na Venezuela o lanche mais caro (US$7,92). Se quiser comer baratinho, dá uma passada logo ali em Hong Kong, onde o Big Mac custa US$2,13.

Tudo isso tem a ver com a comparação do poder de compra de cada país. Mas, como nosso papo aqui é comida, vamos focar no sanduíche e ver onde vale, e onde não vale, comprar o hambúrguer.

Preço do Big Mac (US$)
Venezuela 7,92
Noruega 7,06
Suíça 6,56
Brasil 4,94
Austrália 4,68
Zona do euro 4,34
Reino Unido 4,16
Argentina 4,16
Japão 4,09
Nova Zelândia 4,00
Canadá 3,82
Hungria 3,48
México 2,70
Indonésia 2,55
China 2,45
África do Sul 2,36
Rússia 2,29
Hong Kong 2,13
Published in: on 27/07/2012 at 8:42  Deixe um comentário  

Malvadeza Pub

Se eu já adorava o Malvadeza, agora nem se fala… o bar da Cidade Baixa está de novo endereço (Travessa do Carmo, 76): melhor para estacionar, mais espaçoso, bem aconchegante, com música ao vivo e ainda com uma carta super variada de cerveja, boas bruschettas e pizzas!

Ontem, pra comemorar o dia do amigo, o encontro foi no novo Malvadeza Pub…. blues, whitehead, pizza MQP (carne de panela, gorgonzola, pimenta) e boas companhias:

Vale conhecer!

Published in: on 21/07/2012 at 20:26  Deixe um comentário  
Tags: ,

Meu querido diário

Hoje começo a fazer dieta. Preciso perder 8 kg .
 
O médico me aconselhou a fazer um diário, onde devo colocar minha
alimentação e falar sobre o meu estado de espírito.
Sinto-me de volta à adolescência, mas estou muito empolgada com tudo.
Por mais que dieta seja dolorosa, quando conseguir entrar naquele
vestidinho preto maravilhoso, vai ser tudo de bom.
————————————————————————————-

Primeiro dia de dieta:

Uma fatia de queijo branco.
Um copo de diet shake.
Meu humor está maravilhoso.
Me sinto mais leve.
————————————————————————————-

 Segundo dia de dieta:

Uma saladinha básica.
Uma fatia de queijo branco.
Algumas torradas e um copo de iogurte.
Ainda me sinto maravilhosa.
A cabeça dói um pouquinho, mas nada que uma aspirina não resolva.
————————————————————————————-

Terceiro dia de dieta:

Acordei no meio da madrugada com um barulho esquisito.
Achei que fosse ladrão.
Mas, depois de um tempo percebi que era o meu próprio estômago.
Roncando de dar medo.
Tomei um litro de chá.
Fiquei urinando o resto da noite.

Anotação: Nunca mais tomo chá à noite.
————————————————————————————-

Quarto dia de dieta:

Estou começando a odiar salada.
Me sinto uma vaca mascando capim.
Estou meio irritada.
Mas acho que é o tempo.
Minha cabeça parece um tambor.
Janaína (aquela estagiaria novinha) comeu uma torta alemã hoje no almoço.
Mas eu resisti.
Comi só duas fatias de queijo branco.

Anotação: Odeio Janaína
————————————————————————————-

Quinto dia de dieta:

Juro por Deus que se ver mais um pedaço de queijo branco na minha frente,
eu vomito!
No almoço, a salada parecia rir da minha cara.
Gritei com o boy hoje!
E com a Janaína.
Preciso me acalmar e voltar a me concentrar.
Comprei uma revista com a Gisele na capa.
Minha meta.
Não posso perder o foco.
————————————————————————————-

Sexto dia de dieta:

Estou um caco.
Não dormi nada essa noite.
E o pouco que consegui, sonhei com um pudim de leite.
Acho que mataria hoje por um brigadeiro…
————————————————————————————-

Sétimo dia de dieta:

Fui ao médico.
Emagreci 250 gramas .
Tá de sacanagem!
A semana toda comendo mato.
Só faltando mugir e perdi 250 gramas !
Ele explicou que isso é normal.
Mulher demora mais emagrecer, ainda mais na minha idade.
O FDP me chamou de gorda e velha!
 
Anotação: Procurar outro médico.
————————————————————————————-

Oitavo dia de dieta:

Fui acordada hoje por um frango assado.
Juro!
Ele estava na beirada da cama, dançando dança do ventre.

Anotação: O pessoal do escritório ficou me olhando esquisito hoje, Janaína
diz que é porque estou parecendo o Jack do `Iluminado´.
————————————————————————————-

Nono dia de dieta:

Não fui trabalhar hoje.
O frango assado voltou a me acordar, dançando a kara karamba kara karaô
dessa vez. Passei o dia no sofá vendo tv.
Acho que existe um complô.
Todos os canais passavam receita culinária.
Ensinaram a fazer Torta de morangos, salpicão e sanduíche de rocambole.

Anotação:Comprar outro controle remoto, num acesso de fúria, joguei o meu
pela janela.
————————————————————————————-

Décimo dia de dieta:

Eu odeio Gisele Bundchen!
Com photoshop até a Dercy Gonçalves fica gostosa.
————————————————————————————-

Décimo-primeiro dia de dieta:

Chutei o cachorro da vizinha.
Gritei com o porteiro.
O boy não entra mais na minha sala e as secretárias encostam na parede
quando eu passo.
————————————————————————————-
 Décimo-segundo dia de dieta:

Sopa.

Anotação: Nunca mais jogo pôquer com o frango assado, ele rouba.
————————————————————————————-
Décimo-terceiro dia de dieta:

A balança não se moveu.
Ela não se moveeeeeu!
Não perdi um mísero grama!
Comecei a gargalhar freneticamente.
Assustado, o médico sugeriu um psicólogo.
Acho que chegou a falar em psiquiatra.
Será que é porque eu o ameacei com um bisturi?

Anotação: Não volto mais ao médico, o frango acha que ele é um charlatão.
————————————————————————————-
 Décimo-quarto dia de dieta:

O frango me apresentou uns amigos. A picanha é super gente boa, e a torta,
embora meio enfezada, é um doce.
————————————————————————————-
 Décimo-quinto dia de dieta:

Matei a Gisele Bundchen !
Cortei ela em pedacinhos e todas as fotos de modelos magérrimas que tinha
em casa.

Anotação: O frango e seus amigos estão chateados comigo.
Comi um pedaço do Sr. Pão.
Mas foi em legítima defesa.
Ele me ameaçou com um pedaço de salame.
————————————————————————————-
 Décimo sexto dia:

Não estou mais de dieta.
Aborrecida com o frango, comi ele junto com o pão.
E arrematei com a torta.
Ela realmente era um doce ……..
  
Frase de Reflexão:
Certas dietas são simples:
Basta cortar o açúcar, as frituras, as massas, as bebidas alcoólicas, os pães e os pulsos.

Published in: on 19/07/2012 at 15:04  Deixe um comentário  

Dog Beer

Rá, era o que faltava: cerveja para o melhor amigo do homem!

A Dog Beer é feita à base de malte, produzida da mesma forma que a cerveja comum, entretanto,  livre de álcool e lúpulo e com sabor carne – um verdadeiro petisco líquido!

Genial, não?! Mais informações no site da Dog Beer!

 

Published in: on 18/07/2012 at 15:14  Deixe um comentário  
Tags: , , ,

Angry Birds – Bacon

Para quem não conhece, Angry Birds é aquele joguinho, normalmente usado em celular, no qual os pássaros são lançados com estilingue contra os porquinhos verdes, que roubaram seus ovos e os mantêm em cativeiro.

Enfim, dando uma olhada na internê em busca de produtos relacionados ao jogo, encontrei essa interessante camiseta…

Eu quero!!!

Published in: on 17/07/2012 at 16:58  Comments (2)  

Casa Cardozo – O Antirrestaurante

Por Pablo Rodrigues

Antirrestaurante Cardozo. O quê? Parece que em SP isso é super 2009, como disse uma bitch qualquer. O fato é que aqui em POA eu nunca tinha ouvido falar. É um apartamento onde um número bem limitado de pessoas vai comer. Não é um restaurante, é um antirrestaurante. Não tem garçom, não tem caixa, não tem cardápio. O Cardozo te recebe, cozinha e te serve. Tudo na casa dele. O ambiente é pequeno e bem aconchegante. A decoração é simples e moderninha (tem quadros de cultura pop), mas de um jeito honesto, nada pretensioso. Funciona assim:

Chega lá, aperta o interfone, te identifica e sobe. A mulher do Cardozo abre a porta. O Cardozo tá na cozinha, tu vai ali conversar. Tudo isso que eu to escrevendo ele vai te dizer. O cardápio já tá escolhido, não tem escolher. A bebida, se tu não levou a tua, é só pegar na geladeira e anotar, no final paga tudo. Só aceita dinheiro: não trabalhamos com cartão. É só ficar a vontade, é uma casa! São 2 mesas para 7 e nada mais em 2 ambientes.

A comida é servida em horário pré-definido, portanto não te atrasa! O Cardozo é gente boa e segura um pouco mais, mas te coloca no lugar do cozinheiro e sê educado! Nesse dia tivemos de entrada salada de lentilhas, com cebolas roxas, tomates assados com ervas e balsâmico e “cobertura” de gorgonzola. Muito bom! O prato principal foi Stifado Grego, servido com couscous marroquino. O stifado é um cozido de carne de gado com vinho tinto, uva-passa, cebola roxa, tomate pelado e temperos como pimenta-da-jamaica, cravo e canela. Muito bom, também. Uma comida elaborada e ao mesmo tempo simples. Fácil de comer. A sobremesa: pudim de pérolas de tapioca ao leite de coco e na cobertura, doce de damasco e licor de chocolate. Esse foi campeão, doce no ponto e com muito damasco!

Uma experiência diferente, inegável. Eu e meus amigos lotamos a casa. Acho que ir somente em 2 pode não ser tão legal, pois certamente vais sentar com desconhecidos. O preço é totalmente justo: 40 Dilmas per capita. Se quiser leva o vinho de casa que sai ainda mais em conta.

Pretendo voltar e levar mais gente, porque a comida é boa, o ambiente é legal e o Cardozo e a Sra. Cardozo são gente fina.

Agora, podes estar pensando: mas como eu chego lá? É só mandar e-mail pro cozinheiro e guardar o lugar. Os cardápios estão escolhidos, então vê o dia que mais te agrada e marca! Simples!!

No link tem fotos dos pratos e do lugar. Muito bom!!!
http://casacardozo.blogspot.com.br/2012/07/stifado-grego-e-couscous-marroquino.html

Valeu, Pablo! Sempre aparecendo com contribuições rycas para o Arrotando.

Recuperado!

Que história bonita…

O ex-anoréxico Peter Czerwinski não somente venceu a “doença do não comer” como se tornou um grande campeão de competições de comida.

Fã de musculação, o canadense de 24 anos detém o título, pelo quarto ano consecutivo, de quem mais come hambúrgueres no curto tempo de 10 minutos. Foram 15 sanduíches da rede americana Z-Burger enfiados goela abaixo, o que lhe gerou uma recompensa de US$1000,00.

Comida di Buteco – São Paulo

Infelizmente, não pudemos estar presentes no festival Comida di Buteco de São Paulo como estivemos em Belo Horizonte.

Na versão mineira, tivemos a honra de experimentar o petisco campeão: o Sheik de Minas, oferecido pelo boteco Patorroco, sobre o qual comentamos aqui.

Já na versão paulista, o grande vencedor foi o Escondidinho de Bacalhau do Bar do Magrão. Não provamos, mas podemos tentar replicar o prato em casa:

Escondidinho de bacalhau é melhor comida de boteco de São Paulo Photo5/Divulgação

Escondidinho de Bacalhau do Bar do Magrão (SP)

Ingredientes:

3 ovos de codorna
250g de lascas de bacalhau
20ml de azeite de oliva extravirgem
4 azeitonas verdes
1/2 pimentão vermelho em tiras
Salsinha a gosto

Purê:

2 batatas grandes
1/2 copo de leite
1 colher (chá) de manteiga

Modo de fazer:

1. Deixe as lascas de bacalhau por 3h em água, para dessalgar.
2. Refogue as lascas no azeite de oliva, com as azeitonas e a salsa picada.
3. Para o purê, cozinhe as batatas com a casca na água e sal.
4. Amasse e acrescente o leite e a manteiga e faça o purê.
5. Em uma cumbuca, coloque o bacalhau temperado.
6. cubra com um purê de batatas, salpique com pedaços de azeitonas verdes e salsinha.
7. Decore com tiras de pimentão vermelho e com os ovos de codorna cozidos e cortados ao meio.

Arrotando Pizza!

Nada melhor pra finalizar o dia de hoje do que com uma pizza!

E, pode ter certeza, essa pizza é bem menos vegetariana do que parece… A “massa” é feita de carne moída (500g + clara + sopa de cebola + 3 colheres sopa de farinha integral), o recheio a gente escolhe e sempre muito queijo!

Super prática, bem deliciosa e Arrotandística.

Dia da Pizza

Hoje, dia 10 de julho, é comemorado o Dia da Pizza. Idéias de sabores não faltam, então o mínimo que podemos fazer é curtir a data saboreando esse prato clássico (com carne, preferencialmente).

Para quem quiser se aventurar na cozinha em vez de ir à pizzaria ou pedir uma tele-entrega, vamos aproveitar o dia especial para sugerir uma receita (ainda não provada), divulgada pelo G1, e que parece ser bem original: a Pizza Nordestina (esse nome foi a gente que deu, porque a receita, oficialmente, não tem título).

Vamos ao que interessa…

Ingredientes da massa
– 500 gramas de farinha de trigo sem fermento;
– 5 gramas de fermento biológico instantâneo;
– 30 gramas de mel de rapadura;
– 30 gramas de azeite;
– 10 gramas de sal;
– 250 ml de água;
– 30ml de cachaça.

Ingredientes do molho
– 100 ml de azeite;
– 6 dentes de alho;
– 3 latas de tomates italianos pelados
– 100 gramas de de cebola em cubinhos;
– Manjericão a gosto;
– Sal a gosto;
– Orégano a gosto.

Ingredientes do recheio
– 300 gramas de carne de sol desfiada e temperada;
– 1 cebola roxa em rodelas;
– 150 gramas de queijo coalho ralado grosso;
– Manteiga da terra a gosto.

Modo de fazer
Misture a farinha com o fermento. Faça uma cova no meio da farinha e acrescente o mel, a cachaça, sal, azeite e água até dar o ponto da massa. Em seguida, sove a massa por aproximadamente cinco minutos e deixe descansar por 10 minutos coberta com um plástico.

Depois do descanso, corte em pedaços de 180 gramas e deixe descansar mais 15 minutos. Estique com o rolo, coloque em formas de pizza e recheie a gosto. A pizza deve ser levada ao forno pré-aquecido a 220 graus por 3 a 4 minutos. A massa pode ser pré-assada e congelada em discos. Nesse caso, o disco deve ser aquecido em 150 graus por cinco minutos, esfriado e embalado.

Bata todos os ingredientes do molho liquidificador e coloque na massa. Em seguida, coloque a carne de sol desfiada sobre o disco, a cebola roxa e o queijo coalho. Regue com um pouco de manteiga da terra e leve para assar.

Quem experimentar, depois nos conta se vale!

Published in: on 10/07/2012 at 14:46  Deixe um comentário  
Tags: , ,
%d blogueiros gostam disto: